E3 2017: Game Critic Awards premiou Dragon Ball FighterZ como melhor jogo de luta apresentado na feira!
A Microsoft, juntamente com a Bandai Namco Entertainment / Arc System Works, apresentou no palco da E3 2017 o incrível fighting game "Dragon Ball FighterZ. A repercursão positiva do jogo foi simplesmente arrasadora, o que garantiu ao título o de melhor jogo de luta concedido pela Game Critic Awards!
30 de Junho de 2017 Rafael de Oliveira Release
A Microsoft contou com a presença da Bandai Namco Entertainment em seu palco de apresentações da E3 2017 para apresentar "Dragon Ball FighterZ", produzido em parceria com a experiente produtora Arc System Works, responsável por BlazBlue e Guilty Gear. A parceria entre as produtoras resultou no inserção do universo "Dragon Ball Z" ao cenário competitivo de jogos de luta, algo surpreendentemente formidável.

Elementos chave programados pela Arc System Works corroboram para que "Dragon Ball FighterZ" tenha desde já o desejo dos fãs em assistir partidas do game nos principais torneios de 2018. As lutas no plano 2.5D serão feitas por equipes formadas de três personagens que podem ser alternados dinamicamente em qualquer momento do combate, além da possibilidade de assistências e ataques especiais em conjunto.

Confira abaixo o trailer de apresentação do jogo exibido durante a E3 2017:
Muitos vídeos foram publicados durante a E3 2017 demonstrando partidas da build oferecida pela Bandai Namco, e as recepção do público não poderia ser melhor! Em declarações à imprensa, a diretora da equipe de produção de "Dragon Ball FighterZ" Tomoko Hiroki disse que a escolha pelo aspecto 2D reforça a intenção de retornar às origens da série de games lançados no Super Nintendo e Playstation 2, ao mesmo tempo em que o cenário atual dos eSports se encontra em ascenção perante o crescente público.

A identificação do anime unida ao potencial competitivo pode tornar "Dragon Ball FighterZ" um dos melhores fighting games da atualidade! Este conjunto bem definido de elementos garantiu à "Dragon Ball FighterZ" o título de melhor jogo de luta apresentado na E3 2017 pela Gaming Critic Awards!

"Dragon Ball FighterZ" revelou até o momento sete personagens da saga Dragon Ball Z:

  • Son Goku
  • Son Gohan
  • Vegeta
  • Freeza
  • Cell
  • Majin Boo:
  • Trunks

  • Segundo Tomoko Hiroki, a jogabilidade programada para os seis primeiros personagens revelados servirá de base para a programação dos futuros lutadores. Conforme visto em vídeos da build, os personagens entram em combate já portando transformações avançadas, sendo Freeza o único a exibir uma nova transformação enquanto está lutando (a transformação Super Sayajin 3 de Son Goku ocorre durante seu golpe especial, não caracterizado como power up temporário da transformação de Freeza).

    "Dragon Ball FighterZ" será lançado no início de 2018 para Playstation 4, X-Box One e PC. Tomoko Hiroki disse ser possível uma versão para Nintendo Switch, e que tudo dependeria dos fãs em desejá-lo ao console. A Bandai Namco já confirmou que disponibilizará um beta test meses antes do lançamento.
    Opinião:
    O hype em torno do game é imenso! Desde "Dragon Ball Z Budokai 3" e seu relançamento para alta definição não se via tanta empolgação diante um título da série, sem desmerecer os títulos antecessores. Na geração 128 bits, os jogadores puderam pela primeira vez ter uma experiência próxima do anime em seus consoles, com cenas cinematográficas idênticas ao visto nos episódios da série. O sucesso de "Dragon Ball Z Budokai 3" se deve, além do carisma natural da série animada, por ser um game 2.5D elaborado pela DIMPS, empresa que colaborou com a Capcom anos depois em "Street Fighter IV". O game em si não caiu na cena competitiva por existir desequilíbrios naturais de jogabilidade, como abrir completamente a defesa em cada uma das transformações durante o combate. Ainda assim, é um game excelente e muito divertido, principalmente para quem conhece o anime!

    "Dragon Ball FighterZ" é a evolução notória deste, devido utilizar inteligentemente os mecanismos desenvolvidos nos games mais recentes de "Guilty Gear" e "BlazBlue". A Bandai Namco e a Arc System Works uniram forças para trazer o sonho de presenciarmos um anime fenomenal como Dragon Ball Z a entrar pela porta da frente na cena dos eSports! O resultado: prêmio máximo de destaque da E3 pela Gaming Critic Awards. Inclusive, "Dragon Ball FighterZ" despontou "Marvel VS Capcom: Infinite" por razões notórias: os erros de linguagem visual e jogabilidade por parte da Capcom, somados às declarações infelizes por parte de Peter "Combofiend" Rosas e Mike Evans sobre "personagens função" e a péssima justificativa sobre ausência dos X-Men ao elenco contribuiram, isso apenas em parte devido o próprio mérito de "Dragon Ball FighterZ" o elevar naturalmente, para que o título da Capcom perdesse a preferência entre os jogadores .

    Eu estava prestes a adquirir a pré-venda de "Marvel VS Capcom: Infinite", mas decididamente mudei de idéia, e assim como muitos, guardarei meu dinheiro para "Dragon Ball FighterZ", que traz competentemente todos os elementos que os fãs desejam em um game de luta baseado no anime!
    Todas as imagens contidas neste website são propriedade de seus respectivos autores.
    Copyright © 2015-2017 - BLACKBELT Virtual Dojo of Games - Todos os direitos reservados.